Terminal Central agora conta com acessibilidade completa

Após 18 anos desde a sua inauguração em julho de 1997, o Terminal Central recebe por completo as obras de acessibilidade. Uma conquista para os deficientes visuais que utilizam o transporte público. A entrega faz parte das comemorações promovidas pela Prefeitura nos 127 anos de Uberlândia.

As pessoas que integram a Associação dos Deficientes Visuais de Uberlândia (Adeviudi) e a Associação dos Deficientes Visuais do Triângulo Mineiro (Adevitrim) participaram de uma caminhada no entorno do Terminal Central para fazerem o reconhecimento da nova calçada com piso podotátil.

Wesley Pereira da Silva, 32 anos, possui deficiência integral nos olhos. Usuário do transporte público, ele afirma que a nova calçada facilitará sua vida. De todos os benefícios, o que ele mais destaca é a segurança. “Agora vai ter direção para eu poder andar. Sem acessibilidade é perigoso eu cair ou bater o rosto em um poste”, disse.

Avanços

Segundo o secretário de Obras, Fernando Nascimento, a calçada estava toda irregular com buracos em diversos pontos. Ao todo, foram investidos R$ 230 mil em 2.800 metros quadrados de calçamento. Todo o percurso conta com piso podotátil. Foram adequadas também as rampas para cadeirantes.

Ainda segundo o secretário, outro desejo antigo dos cadeirantes e dos deficientes visuais foi atendido, que é uma rampa ligando as avenidas Afonso Pena e João Naves de Ávila (em frente a entrada do Pratic Center). A entrega da calçada encerra uma série de adequações que foram realizadas no Terminal Central. “Foram adequadas a parte interna e agora avançamos a externa. Após mais de 15 anos o terminal se torna acessível”, disse o secretário de Trânsito e Transportes, Alexandre Andrade.

No interior, foram instalados os pisos podotáteis, combinando linguagem binária que informa e direciona as pessoas. Os pisos foram implantados nas plataformas de ônibus e em toda a parte do Pratic Center. Adequações nos banheiros e bebedouros também foram feitas. Além do piso, foram afixados pontos no terminal com mapas táteis, com textos em braile e alto-relevo para a identificação das trilhas táteis.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *