Tenente Lúcio sugere extensão de gratificação à servidores da Defesa

O deputado federal Tenente Lúcio (PSB) enviou ao Ministério da Defesa a Indicação nº 2562/2016, na qual sugere a extensão aos servidores lotados no Ministério da Defesa e Comandos das Forças singulares, integrantes do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE), da Gratificação de Desempenho de Atividade Técnico Operacional em Tecnologia Militar (GDATEM), assim como da Gratificação de Qualificação da Tecnologia Militar.

De acordo com o parlamentar, depois negociação entre representantes do Ministério, da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) e da Secretaria de Relações de Trabalho no Serviço Público do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (SRT/MPOG), apenas o segmento dos integrantes do Plano de Carreira dos Cargos de Tecnologia Militar foi contemplado. “O objetivo da indicação, por questão de justiça, é conceder igualdade remuneratória a servidores que se vinculam ao mesmo regime de funções estratégicas para a defesa do País”, explicou o deputado.

Funasa – O deputado também é autor da Indicação nº 2653/2013, na qual sugere ao Poder Executivo, a alteração do nome da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para Fundação de Saúde – Ivo Pitanguy. O socialista destaca que entre as diversas fundações públicas federais, algumas são batizadas com nomes de importantes figuras da história nacional. Para o deputado, a alteração da denominação da Funasa para Fundação Nacional de Saúde – Ivo Pitanguy prestaria adequada homenagem ao grande e destacado brasileiro, cirurgião plástico dos mais reconhecidos, membro da Academia Nacional de Medicina e da Academia Brasileira de Letras, falecido no dia 6 de agosto.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page