Procon implanta CIP Eletrônica e reduz tempo de notificações

No mês em que se comemora o aniversário da cidade, consumidores e fornecedores serão contemplados com mais um procedimento que dará maior segurança e agilidade no atendimento feito pelo Procon. Como parte das atividades comemorativas dos 127 de Uberlândia, o Procon assinou, nesta segunda-feira (10), o termo de adesão da Carta de Investigação Preliminar Eletrônica (CIP Eletrônica). As CIPs são os registros das reclamações abertas pelos consumidores que agora serão enviadas eletronicamente aos fornecedores. O novo sistema passa a funcionar a partir de hoje.

A CIP permite ao consumidor se informar por email sobre a chegada da resposta a sua demanda no Procon, o que agilizará o atendimento às reclamações, diminuindo o prazo de resposta por parte da empresa. Este serviço também reduzirá custos para o consumidor, assim como para o Procon e ao fornecedor, pois diminui os custos de envio de documentos, já que não precisa do sistema de impressão (folhas de ofício, tinta, etc.) e desburocratiza as demandas no órgão. Para aderir, a empresa deverá preencher formulário próprio em que constará assinatura de seu representante legal, além de cópia do contrato social.

Atualmente, o tempo de uma investigação é de no mínimo 25 dias. Com o novo procedimento, o tempo vai reduzir para no máximo 10 dias nos casos em que o fornecedor optar pela CIP. “A ação favorece o consumidor porque reduz o prazo para solução do problema; o fornecedor, pois além de possibilitar o acompanhamento em tempo real das reclamações daquela empresa, possibilitará economia com a resposta eletrônica; o órgão público com a economia em impressão e correspondência, celeridade de seus procedimentos internos e menor ocupação de espaço físico; e a sociedade em geral, com a menor utilização de papel”, afirma Frank Resende, superintendente do Procon.

Ainda segundo Frank, a CIP é o primeiro passo para digitalização das notificações enviadas aos fornecedores. “Vamos garantir para os fornecedores em tempo real a reclamação feita pelo consumidor imediatamente após lançada em nosso sistema. Além disso, a resposta ao órgão também poderá ser formalizada eletronicamente”, disse.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *