Polícia fecha laboratório clandestino em Araguari

Na tarde desta quinta-feira (30), a Polícia Militar de Meio Ambiente em patrulhamento as margens do reservatório da Usina Hidrelétrica de furnas em Araguari, fechou um laboratório clandestino de agrotóxicos.

De acordo com a Polícia Militar, um homem de 51 anos foi preso após ser flagrado em um laboratório clandestino de fabricação de agrotóxicos. No local, que já havia sido interditado em 2016, foram apreendidos 1.680 litros de agrotóxicos, 340 kg de produtos químicos, 260 galões de 20 litros e outros materiais para falsificação de inseticidas. A Polícia realizava uma operação na região quando perceberam um forte odor, característico de agrotóxico, próximo a um barracão. Ao entrarem na chácara, constataram a existência de um laboratório clandestino, com grande quantidade de inseticidas, fungicidas, herbicidas e outros. Além dos produtos, os policiais informaram que encontram um tanque pequeno em funcionamento, manipulando produtos químicos. A PM também registrou degradação ambiental a partir do lançamento de resíduos sólidos e líquidos no solo e subsolo.

Os agrotóxicos e embalagens apreendidos foram destinados a uma empresa especializada para receber o material. O autor foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil em Araguari.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page