Polícia Civil de Uberlândia apreende drogas sintéticas e prende acusado

A Polícia Civil em Uberlândia apreendeu ontem (quarta-feira, dia 18) drogas sintéticas que estavam sendo vendidas por traficantes que usavam os correios para entrega dos produtos. Um homem foi preso e autuado em flagrante. A apreensão e a prisão foram decorrentes de uma investigação feita por policiais civis, que desconfiavam da atitude de um dos suspeitos.

Há alguns dias, os investigadores apuraram que um homem, conhecido pela alcunha de “Aspiral” estava vendendo drogas sintéticas e as enviava para os consumidores em envelopes postais como se fossem correspondências comuns. As encomendas eram feitas através de um aplicativo de telefone celular e o acusado do crime usava sempre a mesma agência dos correios.

Ontem, os investigadores flagraram o homem na agência dos Correios da Avenida Comendador Alexandrino Garcia, no bairro Marta Helena, despachando um envelope de carta com as drogas para São Paulo.  Com o acusado, os policiais civis apreenderam dois selos de LSD e um papelote de uma substância conhecida por DML, ainda pouco conhecida na cidade.

Com o flagrante, os investigadores se dirigiram à casa do indivíduo, onde encontraram mais drogas. Num guarda roupas, havia papéis contendo LSD e DML e uma substância conhecida como Changa, que é uma mistura de maconha, ervas e DMT, além de R$ 445,00 em dinheiro, e a motocicleta que era utilizada pelo acusado para transitar de sua moradia até os correios.

A operação foi realizada pela equipe da 5ª Delegacia composta por Hugo Leonardo Marques de Jesus (delegado) e pelos investigadores Tiago Nikita, Guilherme e Henrique, e pelo delegado da 6ª DP, Marcelo Gonçalves Franco de Oliveira, sob a coordenação geral do delegado regional Edson Rogério de Morais. O acusado se encontra no presídio Professor Jacy de Assis.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page