PM recupera caminhão de cerveja de empresa de Patos de Minas e prende autores do roubo

A Polícia Militar conseguiu recuperar um caminhão carregado de cerveja que havia sido tomado de assalto na noite dessa terça-feira (10) na BR 354. Três homens acusados de terem cometido o roubo foram presos em flagrante. Eles confessaram que o veículo e as caixas de cerveja seriam levados para Uberlândia. A carga seria vendida por R$ 300 mil.

A ação da Polícia Militar começou por volta de 19h20, quando o foi feita a denúncia de uma suposta tentativa de roubo de um veículo de carga. O crime teria acontecido na BR 354, no município de Santa Rosa da Serra, mas os policiais compareceram no local e nada foi encontrado. Os patrulhamentos continuaram e uma equipe da Polícia Rodoviária de Carmo do Paranaíba desconfiou de um caminhão carregado com cervejas sendo escoltado por uma caminhonete GM S10.

Os dois veículos deixaram a BR 354 e entraram na MG 230, sentido a cidade de Rio Paranaíba. Os policiais foram atrás e fizeram a abordagem dos autores. Segundo os militares, tanto o condutor do caminhão, quanto os dois ocupantes da caminhonete entraram em contradições. No interior do veículo, os policiais encontraram um bloqueador de sinal rastreador, chamado de capetinha. Além disso, os policiais encontraram um crachá em nome de Geraldo.

Nesse instante, os policiais solicitaram apoio dos policiais da 10ª Companhia Independente e do 15º BPM. Durante as diligências e contatos telefônicos, os militares chegaram a informação de que o crachá pertencia ao verdadeiro condutor do veículo. O homem que dirigia o caminhão foi abordado novamente e disse que Geraldo havia apenas pegado carona e desembarcado em outro lugar.

Mas diante de tantas contradições e sem mais argumentos para tentar despistar a ação dos policiais, os três homens acabaram confessando o roubo. Eles informaram que o veículo tinha como destinação à cidade de Uberlândia e a carga seria vendida pela quantia de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais). Disseram ainda que iriam manter o condutor em cárcere privado até a manhã seguinte.

 Foram presos na ação Fillipy Ferreira Pelozi, de 28 anos, Claudinei de Paula Souza, de 30 anos e Milton César Borges Rodrigues, 41 anos. Segundo a Polícia Militar, todos eles têm envolvimento policial. O veículo foi restituído a Empresa Zago sem  nenhuma perda. A caminhonete S10, conduzida por Fillipy, possuía sinais de adulteração e foi apreendida.

A Polícia Militar também conseguiu localizar o verdadeiro motorista do caminhão. Ele foi encontrado na BR 365, entre as cidades de Patrocínio e Uberlândia, e passa bem.

patoshoje

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page