Pesquisa revela negócios promissores para 2017

Estética e beleza, alimentação, serviços especializados e de reparação estão entre os segmentos que mais crescem no Brasil 

Empreendedores que desejam investir no próprio negócio, neste ano, devem ficar atentos em setores como de alimentação, vestuário, reparos e estética e beleza. Uma pesquisa realizada pelo Sebrae, com base no perfil de novas empresas em anos anteriores e no comportamento da economia nacional, revelou que os empreendimentos que atendem às necessidades básicas e que oferecem serviços de reparação, além de serviços especializados que permitem a redução de custos operacionais a outras empresas, estão entre as atividades mais promissoras para este ano.

Para mapear os negócios promissores de 2017, o Sebrae analisou os segmentos com maior taxa de natalidade em 2016, pois sinalizam a existência de uma maior demanda. Parte dos negócios em alta está em atividades ligadas a vestuário, alimentação e higiene. “A população continua crescendo e, mesmo em tempo crise, ela não deixa de consumir esses produtos e serviços. As pessoas buscam alternativas mais baratas, mas o consumo permanece”, destaca o analista do Sebrae Minas, Fabiano Alves.

Em Uberlândia, já existem aqueles que estão no caminho certo das tendências de negócios de 2017. Aos 25 anos, o empresário Carlos José Ferreira, o Cadu, deixou de trabalhar como vendedor de frete para investir no mercado de estética e beleza masculina. Há nove meses, ele inaugurou em Uberlândia uma barbearia temática que oferece, além dos tradicionais serviços estéticos, um espaço de lazer com fliperama, sinuca, bar com cervejas artesanais, estúdio de tatuagem e estacionamento privativo. A inspiração veio de São José do Rio Preto (SP), onde ele trabalhou em uma barbearia similar. “A ideia é agregar valor ao serviço para se diferenciar da concorrência. É uma forma de otimizar a presença do cliente na barbearia, diversificar a oferta e aumentar a possibilidade de faturar mais”, destaca o empresário.

Atuando no ramo de alimentação há nove anos, o empresário Cláudio Júnior Belmiro afirma que a inovação é um dos pilares para se manter fora dos limites da crise. Proprietário de um restaurante self-service na zona sul de Uberlândia, ele conta que o cliente está cada dia mais exigente, buscando serviços que aliem praticidade e qualidade. “O restaurante funciona de segunda a segunda, com exceção dos feriados de Natal e Ano Novo. Recentemente, fiz um investimento elevado na climatização do espaço, como uma forma de proporcionar mais conforto e também atender melhor aqueles que nos prestigiam. É preciso estar sempre atento ao movimento do mercado e às necessidades da clientela”, afirma Cláudio Belmiro.

O analista do Sebrae Minas, Fabiano Alves, reforça que a instituição está à disposição para atender os empreendedores que têm interesse em investir num negócio próprio. “Nosso papel é estimular a abertura de novas empresas, mas de forma responsável, com planejamento e gestão desde a sua concepção até as rotinas do dia a dia. É preciso conhecer o mercado, se identificar com o setor em que deseja investir e ter em mente um plano de negócios para a administração do empreendimento. Hoje, o consumidor está mais exigente e procura por produtos e serviços práticos, inovadores, sustentáveis, com qualidade, preço baixo e comodidade”, afirma Fabiano Alves.

 

Veja a lista das atividades mais promissoras para 2017:

– Alimentos e bebidas

– Vestuário

– Construção civil

– Serviços de saúde: consultório médico, serviços ambulatoriais, fisioterapia, nutrição, venda de planos de saúde, comércio de medicamentos e artigos de ótica.

– Produtos/serviços inovadores: produtos e serviços que permitam aumentar a eficiência produtiva e/ou redução de custos das demais empresas.

– Serviços de Reparação: reparação e manutenção de veículos usados, manutenção de máquinas e equipamentos, comércio de peças e acessórios para veículos usados.

– Estética/beleza: cabeleireiros, comércio de cosméticos, comércio de produtos de perfumaria, higiene pessoal.

– Serviços especializados: serviços advocatícios, de engenharia, de comunicação, de gestão empresarial, serviços de apoio administrativo, serviços de contabilidade, serviços domésticos, serviços com foco na 3ª idade.

– Informática: Serviços de manutenção e reparação de computadores e equipamentos de informática, produção de softwares e comunicação multimídia.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *