Operação do Gaeco cumpre mais de 200 mandados de prisão entre eles delegados, escrivães e advogados

Na manhã desta terça-feira (19), o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Uberlândia deflagrou, uma operação contra corrupção, associação criminosa, roubos, falsidade ideológica e outros crimes em Minas Gerais, Mato Grosso e Paraná.

De acordo com o Ministério Público Estadual (MPE), o cumprimento de 200 mandados de prisão preventiva expedidos contra 136 pessoas, 121 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de condução coercitiva. Participaram da operação 5 Promotores de Justiça, 3 auditores da Receita Estadual, 500 Policiais Militares e 150 Policiais Rodoviários Federais, sendo utilizadas 2 aeronaves e 150 viaturas.

Os mandados judiciais foram cumpridos nas cidades de Uberlândia, Uberaba, Araguari, Patos de Minas, Patrocínio, Monte Alegre de Minas, Passos, Pouso Alegre, Araxá e Belo Horizonte, todas no estado de Minas Gerais, além de Cascavel/PR e Cuiabá/MT.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page