‘MasterChef’ estreia sua 5ª temporada nesta terça

O reality culinário que é sucesso na TV volta ao ar nesta terça-feira (6), a partir das 22h30, na Band. O “MasterChef” estreia a sua quinta temporada com cozinheiros amadores e mantém o formato das edições anteriores, com algumas surpresas. Entre as novidades está o fato de que o reality poderá ter mais de um candidato saindo na mesma noite. “Podemos ter dois ou até três eliminados no mesmo episódio”, afirma o diretor, Patricio Díaz.

Na terça-feira, acontece a última seleção dos competidores, como já ocorreu em outras temporadas. Das 30 mil inscrições recebidas, 38 pessoas vão concorrer às 21 vagas do programa.

A diferença desta vez é que, nessa fase das seletivas, os cozinheiros se enfrentarão entre si. De cada dupla, só um conquistará uma vaga no programa. Antes, as provas eram feitas um a um, e cada competidor era avaliado individualmente. Os escolhidos só serão revelados no segundo episódio.

Alguns detalhes do formato se mantêm semelhantes. “Teremos muitas dinâmicas para os ganhadores das provas, que receberão vantagens. Já os perdedores podem ser penalizados com a questão do tempo ou nas opções de ingredientes para cozinhar”, conta Díaz.

Outra novidade é que os competidores poderão acumular prêmios ao longo da edição. Vencedores de provas individuais levam até R$ 1.000 em compras.

Ainda não se sabe quem fará parte do quadro fixo de competidores desta edição do “MasterChef”, porém, segundo a chefe Paola Carosella, a riqueza do programa está nas pessoas que participam dele.

A primeira seletiva já retratou essa diversidade com um padre e um policial militar tentando vaga na competição. “Os personagens mudam e, por isso, sempre temos figuras novas. Há aquele que é engraçado, o que cozinha bem, o misterioso, que você não entende bem quem é”, define Paola.

Competidores vão servir 300 pessoas em prova

SÃO PAULO. Nas últimas temporadas, a produção do “MasterChef” investiu em provas em grupo, e algumas delas foram realizadas fora do estúdio, com clientes reais. Desta vez, a atração foi um pouco mais longe nesse desafio. A equipe de competidores terá de bater um recorde do programa e precisará atender 300 pessoas em um jantar no Centro de Tradições Nordestinas (CTN), que reúne restaurantes tradicionais, na zona norte de São Paulo.

Na prova, eles terão de preparar dois tipos de baião de dois. “O local foi fechado para a nossa gravação. Os 300 convidados já frequentavam o CTN. E foi a maior prova da história, uma prova linda, emocionante. Tivemos a participação do chef Rodrigo Oliveira (do restaurante Mocotó, de cozinha nordestina), e os participantes ficaram bem apreensivos por enfrentar tamanha responsabilidade”, adianta Patricio Díaz, diretor do programa, sobre a prova já gravada.

No dia, o CTN funcionou normalmente. “Ao mesmo tempo em que rolava a prova e as equipes do programa cozinhavam, havia um show acontecendo. No final, as pessoas foram pegar seus dois tipos de baião de dois”, conta Díaz.

Novo formato

A Band estuda uma versão do “MasterChef” com celebridades, segundo o colunista Fernando Oliveira, do site Uol. A ideia é fazer um programa em um formato mais curto, de, no máximo, cinco episódios. Seria um especial de fim de ano da emissora.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page