Ladrão anuncia assalto em Uber e morre em seguida dentro do carro

Durante uma tentativa de assalto a um motorista do Uber, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, um dos bandidos teve uma parada cardíaca e morreu no banco de trás do veículo.

O motorista contou à Polícia Militar (PM) que recebeu um chamado do aplicativo de uma usuária identificada como “Tais”. Ao chegar ao local da solicitação, dois homens embarcaram no veículo, um no banco da frente e outro no banco traseiro.

Os dois anunciaram o assalto e o homem de trás, que estava armado, disse “estou afim de matar alguém hoje”. Ao dizer isso, segundo o motorista, o homem caiu desacordado no banco traseiro.

O comparsa, que estava no banco da frente, solicitou que o motorista fizesse os primeiros socorros no rapaz, mas ele negou, informando que não sabia prestar o socorro.

O motorista disse também que o homem teria ficado desorientado com a situação, pegou a arma do colega e desembarcou do veículo.

Ainda segundo a PM, o motorista disse que foi a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde deu entrada com o assaltante. A médica plantonista que fez o atendimento contou à Polícia que o homem já havia chegado morto à unidade e que não apresentava sinais de feridas ou perfurações, e que, ainda de acordo com a médica, o homem teria tido uma parada cardíaca por uma possível overdose.

O motorista, depois de ter dado o depoimento, foi liberado e o caso encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Contagem.

otempo

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page