Homem é preso após torturar e manter a mulher em cárcere privado

Depois de torturar e ainda manter a esposa em cárcere privado, um homem de 41 anos foi preso em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, na noite desta terça-feira (12). Após ser agredida e por ter ficado sem atendimento médico, já que era mantida em cárcere privado a mulher perdeu uma perna e quatro dedos.

O registro do crime ocorreu no último 29 de maio. De acordo com a Polícia Militar, na data a mulher foi internada na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do Bairro Luizote de Freitas  com lesões que ela disse ser de uma queda no banheiro.

Por causa da demora em procurar o hospital, já que ela só foi a UAI seis dias após a queda, a mulher acabou tendo que amputar a perna direito e quatro dedos do pé esquerdo.

Embora tenha dito que caiu no banheiro, uma testemunha procurou a Polícia Militar e disse que a vítima tinha te contado dias antes que foi agredida pelo marido com socos e chutes. O homem ainda manteve a mulher em cárcere privado e impediu que ela contasse a verdade para os médicos e para a polícia a ameaçando de morte.

O homem foi preso no dia do crime, mas liberado após uma audiência de custódia. Depois o inquérito foi instaurado e a polícia concluiu que a mulher foi mantida em cárcere privado por três dias.  A polícia então pediu a prisão preventiva do suspeito que foi aceita pela 2ª Vara Criminal da comarca de Uberlândia.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page