Habilidades Socioemocionais são cada vez mais valorizadas por grandes empresas

Em Uberlândia, Instituto Hortense desenvolve competências em sala de aula para crianças
As habilidades socioemocionais ganham cada vez mais destaque nos processos seletivos, sejam eles para as universidades ou para grandes empresas. Segundo um estudo da Universidade Norte-Americana de Columbia, a cada dólar investido no desenvolvimento da inteligência emocional de uma criança, 11 dólares são devolvidos à sociedade.
Em um mundo tecnológico, com informações em alta velocidade, as competências socioemocionais são cada vez mais cobradas, pois através delas cada indivíduo conseguirá escolher mais conscientemente qual decisão tomar. Pesquisas de entidades como Unesco e Unicef mostram que são as habilidades socioemocionais que possibilitam maiores e melhores resultados de liderança. Além disso, desenvolver tais competências ajuda a diminuir o número de pessoas com transtorno de ansiedade e depressão, considerados hoje casos de saúde pública.
Segundo o estudo “Novas habilidades no trabalho – Desenvolvimento de competências que levam ao crescimento econômico”, feito em parceria entre a Fundação JP Morgan Chase, o Conselho das Américas (COA) e a Fundação Getúlio Vargas (FGV), as habilidades socioemocionais estão entre as competências mais procuradas pelas empresas no Brasil em 2017.
foto1Foi pensando em proporcionar esse tipo de conhecimento a uma população carente que Leo Chaves criou, em 2016, o Instituto Hortense, que tem como objetivo desenvolver habilidades socioemocionais através do método da Escola da Inteligência, criado pelo Dr. Augusto Cury.
Atualmente, o Instituto Hortense, presidido por Leo Chaves, atende 100% das escolas rurais e a 5 escolas urbanas municipais de Uberlândia, Casa da Criança e do Adolescente Cristina Cavanis, Casa do Menor Nova Canaã, Pelotão Esperança do 36º Batalhão de Infantaria Motorizado, Programa Transforma do Instituto Algar, além do Instituto Verdescola, em São Paulo. São mais de 30 mil pessoas, entre alunos, pais, colaboradores e voluntários impactadas pelo projeto.
Para custear o projeto, todos os anos Leo Chaves realiza o Amigos do Futuro, show beneficente no qual comemora seu aniversário, e que tem toda a renda revertida ao Instituto Hortense e ao Hospital do Câncer em Uberlândia. Graças ao evento do ano passado foi possível dobrar o número de pessoas impactadas pelo Instituto e ajudar a finalizar a construção do setor de cuidados paliativos do Hospital.
Neste ano, o  Amigos do Futuro acontecerá no dia 24 de outubro, no Center Convention, e terá os shows de Victor & Leo, Jorge e Mateus, Bruno & Marrone e César Menotti e Fabiano.
 
Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page