Equipe da cozinha produz 3.200 refeições por dia para os atletas

A equipe que prepara a refeição dos atletas que disputam a 1ª fase da 63ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) calcula que são servidas 3.200 refeições por dia, entre almoço e janta jantar. Cerca de 1.200 atletas disputam a primeira fase, que é destinada às modalidades individuais e vai até domingo (18). Há ainda os membros das comissões técnicas e o pessoal envolvido na organização do evento, que também utilizam o refeitório montado na sede da Unialgar.

Graciete Francisco de Souza Cardoso, gerente de uma empresa de Uberlândia que venceu a licitação para fornecer os alimentos, comemora a realização do evento. “Nossa equipe é especializada em fazer os pratos para os atletas nos eventos esportivos. Antes, éramos 25 funcionários para atender o pessoal, e agora tive que contratar mais 25”, explica.

Para atender a toda a demanda, por dia são consumidos, em média, 600 quilos de carne, 100 quilos de feijão, 94 quilos de macarrão, 50 quilos de batata, 150 quilos de tomate e 140 pés de alface. A complementação conta ainda com 800 litros de suco. A produção de alimentos será ainda maior entre os dias 19 a 22 de outubro, quando estarão na cidade mais de três mil atletas para as disputas dos esportes coletivos. A previsão é que sejam produzidas 5.000 refeições diárias.

Para agradar aos mais diferentes paladares das 27 delegações que representam todos os estados e Distrito Federal, a organização conta com o suporte da nutricionista Ellen Moura. Ela explicou que durante os 11 dias de disputas os atletas terão uma refeição balanceada, visando colaborar com os treinamentos, pós treinos e competições. “Aqui incentivamos o consumo de água, frutas, legumes e proteínas. Para isto, montamos um cardápio variado e sempre conferimos a temperatura dos alimentos”, afirma.

Por causa da diversidade da culinária brasileira, são servidos dois tipos de feijão e a mesma quantidade de arroz. Na pista, o pessoal do Nordeste, por exemplo, pode saborear o tradicional cuscuz.

O prefeito Gilmar Machado visitou nesta sexta-feira o Centro de Convivência dos JUBs e provou o tempero da comida dos atletas. “Já tive a oportunidade de ir a dois Pan-Americanos, e os JUBs correspondem à altura destes eventos. Muito organizado, com uma estrutura maravilhosa mostrando o crescimento do esporte universitário brasileiro. Numa Cidade Educadora precisamos do esporte porque nele tem regras, disciplina e espírito de vencedor”, salienta o prefeito Gilmar Machado.

Os Jogos acontecem anualmente e, geralmente, são realizados em capitais ou cidades litorâneas. Há quase 20 anos Minas Gerais não recebia uma edição. “Para a CBDU é uma satisfação retornar com a realização dos JUBs em Minas após 19 anos. Desta vez, tivemos a felicidade de encontrar uma cidade do porte de Uberlândia oferecendo uma estrutura maravilhosa. Vale lembrar que a cultura local é valorizada. No Centro de Convivência os artesãos podem comercializar seus produtos e os músicos locais se apresentarem no palco”, enfatiza o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário, Luciano Cabral.

 

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *