Desabastecimento faz com que 205 cidades de Minas decretem emergência

Por causa da falta de combustível e do desabastecimento de gás e alimentação, 205 cidades de Minas Gerais decretam situação de emergência ou de calamidade pública, de acordo com um boletim divulgado pela Defesa Civil do Estado.

A greve dos caminhoneiros entrou no décimo dia nesta quarta-feira (10) e com o bloqueio para a passagem de veículos de carga, os municípios do interior ficaram sem combustível para carros particulares, supermercados com falta de produtos e as revendedoras de gás quase totalmente sem botijão.

Belo Horizonte e região metropolitana recebem combustível desde a última segunda-feira (28), quando alguns postos foram abastecidos. No interior o abastecimento está começando a acontecer, nesta quarta-feira (30), em cidades do Sul de Minas e da Zona da Mata.

A Polícia Militar, escolta caminhões de combustíveis para o interior para o abastecimento principalmente de carros oficiais e atendimento emergêncial como para a saúde. O que sobra do combustível começa a ser entregue a população.

Nesta terça-feira (29), os caminhões de gás também começaram a ser escoltados tanto para o interior quanto para abastecer as revendedoras de Belo Horizonte e da região metropolitana. Caminhões com alimentos também devem ser escoltados para o interior. Mesmo assim essas cidades ainda estão em alerta.

O decreto

De acordo com os dados da Defesa Civil, 183 cidades decretaram situação de emergência e 22 decretaram situação de calamidade pública. Os decretos permitem que os problemas sejam resolvidos com mais agilidade, de forma emergencial. Permitem também ajuda do governo Estadual e Federal nas medidas emergenciais.

Cidades que decretaram calamidade pública (22)

Araçuaí; Itajubá; Piranga; Arcos; Itaú de Minas; Recreio; Borda da Mata; Jesuânia São Domingos das Dores Caraí Lavras São Francisco da Glória Carmo da Mata Mathias Lobato São Sebastião do Paraíso Coronel Xavier Chaves Monte Carmelo Vermelho Novo Frei Inocêncio Natércia Ipaba Paraopeba

Cidades que decretaram situação de emergência (183):

Argirita Candeias Coronel Murta Ataléia Capelinha Coronel Pacheco Bandeira Capim Branco Cristais Barao de Cocais Capitólio Cruzilia Barroso Caranaíba Cuparaque Bertópolis Carandaí Delfinópolis Bicas Carbonita Desterro de Entre Rios Bom Despacho Carmo do Rio Claro Divinésia Brasília de Minas Carmópolis de Minas Divino das Laranjeiras Buritizeiro Carvalhópolis Dom Cavati Dores do Indaiá Patos de Minas Turvolândia Doresópolis Patrocínio Ubaí Elói Mendes Paula Candido Uberaba Entre Rios de Minas Pedro Anta Várzea da Palma Espera Feliz Pedro Leopoldo Viçosa Eugenópolis Pequeri Virgem da Lapa Fama Perdigão Virginia Francisco Badaró Piedade de Caratinga Virginópolis Galileia Pitangui Guanhães Piumhi Guaranésia Poços de Caldas Guindoval Ponte Nova Heliodora Pratápolis Icaraí de Minas Queluzito Inhapim Resende Costa Itabira Resplendor Itaipé Rio do Prado Itamarandiba Rio Novo Itapecerica Ritapólis Itaú De Minas Rubim Itutinga Santa Barbara Jampruca Santa Bárbara do Monte Verde Japonvar Santa Bárbara do Túgúrio Jeceaba Santa Cruz de Minas José Gonçalves de Minas Santa Cruz do Escalvado Juiz de Fora Santa Luzia Lagoa Dourada Santa Maria do Suaçuí Lamim Santa Rita de Ibitipoca Laranjal Santa Rita do Sapucai Lassance Santa Rosa da Serra Leme do Prado Santana do Manhuaçu Leopoldina Santana do Paraíso Luisburgo Santana dos Montes Machacalis Santo Antônio do Amparo Manhumirim Santo Antônio do Aventureiro Mantena Santo Antônio do Itambé Maripá De Minas São Brás do Suaçuí Martelândia São Francisco de Paula Matozinhos São João Del Rei Medina São João do Manhuau Minas Novas e São João do Oriente.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page