Clínica Veterinária de Uberlândia participa do setembro vermelho

Campanha em todo Brasil chama atenção para doenças cardíacas em cães em gatos

Com o mote “Se tem amor”, foi lançada em todo o Brasil a Campanha Setembro Vermelho. Durante todo mês, serão realizadas atividades para conscientizar os tutores sobre a importância do acompanhamento periódico do veterinário e do check up anual para a detecção e tratamento precoces dos problemas cardíacos.

Em Uberlândia, a veterinária Drª Sirlei Manzan é especialista em cardiologia. O Centro Veterinário Drª Sirlei Manzan recebe, todo mês, por volta de 50 pacientes com algum tipo de cardiopatia. “Estima-se que as doenças cardíacas correspondam a cerca de 10% dos atendimentos de cães em estabelecimentos veterinários. Desses, a Doença Valvar Crônica Mitral (DVCM) representa entre 75 a 80% das doenças cardíacas em cães. Nos gatos, a doença mais comum é a cardiomiopatia hipertrófica”, explicou Sirlei Manzan.

A veterinária recomenda que cães de pequeno porte façam exames de prevenção a partir dos 7 anos e os de grande porte, a partir dos 6 anos. “Qualquer cão ou gato pode ter cardiopatia, inclusive muitos deles podem nascer com doenças congênitas do coração. No cão, as raças de pequeno porte mais suscetíveis são o poodle, o cavalier king charles spaniel, o cocker, o dachshund, yorkshire, spitz alemão e maltês. Nos de grande porte, cães da raça dobermann, golden retrivier, labrador e o pastor alemão são os mais suscetíveis. Cães mestiços também podem ter cardiopatias. Nos gatos, a maior incidência de cardiopatia são nas raças mainecoon e persa”, disse a veterinária.

Os tutores devem ficar atentos aos seguintes sintomas:  tosse, cansaço fácil, secreção nasal, língua azulada, sopro cardíaco, intolerância a exercícios, aumento do volume abdominal, síncope e dificuldade respiratória. “Qualquer um desses sinais serve de alerta para que o animal passe por uma avaliação cardiológica. É importante ressaltar que as cardiopatias têm tratamento, seja com medicamentos ou cirurgia”, finalizou a veterinária.

Ares Comunicaçāo

 

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page