CDL Uberlândia participa do Observatório Social de Uberlândia

Os interessados em fazer parte da equipe deve entrar em contato pelo telefone 3239-1529   

A CDL Uberlândia faz parte do Observatório Social (OS), um projeto de transparência e qualidade na aplicação dos recursos públicos. Juntamente com a Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub), Fiemg Regional Vale do Paranaíba, Sociedade Médica de Uberlândia, Conselho de Veneráveis do Triângulo, Sindicato Rural de Uberlândia e 13ª Subseção da OAB, o Observatório Social visa agir preventivamente no controle social dos gastos públicos, como também as ações do Poder Judiciário no que se refere a atividades que envolvam o interesse público.

Segundo a superintendente da CDL Uberlândia, que também é vice-presidente para Assuntos Institucionais e Aliança do Observatório Social, Lécia Queiroz, o Observatório realiza um trabalho conjunto com os gestores que administram as instituições que são observadas em Uberlândia. “Nosso intuito não é fiscalizar, mas contribuir, com a  gestão pública. O Observatório Social de Uberlândia está filiado ao Observatório Social do Brasil, que tem como pilares os Princípios de Direitos Humanos, de Direito do Trabalho, de Proteção Ambiental e Princípios Contra a Corrupção. A participação da comunidade, como voluntário ou membro mantenedor  é fundamental, assim passamos a  ser protagonistas da história e não apenas espectadores”, ressalta.

De acordo com o secretário executivo do OS Vladimir Rodrigues de Queiroz, o Observatório Social de Uberlândia está em fase de captação de recursos humanos e materiais. “Estamos convidando voluntários para fazer parte desse time. Precisamos de profissionais e estagiários das áreas de engenharia civil, direito, economia, entre outras. Quando os voluntários entram, oferecemos treinamento”, destaca.

Vladimir Rodrigues de Queiroz disse que por meio do site www.osuberlandias.org.br, os cidadãos podem reclamar de um buraco numa rua, de um cano estourado, sendo possível o envio de imagens e vídeos, complementando e ilustrando as informações das mensagens encaminhadas pelo Portal, por exemplo. “Nós vamos intervir para que a administração corrija o problema o mais rápido”.

“Na prática, o Observatório Social de Uberlândia, o Uberlândia é a 105ª cidade brasileira a integrar a rede do Observatório Social do Brasil, sendo o 2º de Minas Gerais. Ele verifica, por exemplo, se um pregão está coerente, quem pode participar do mesmo, se existe alguma falha em determinado edital, dando a oportunidade para reformulação, e acompanha os gastos públicos de uma forma geral”, complementa Lécia Queiroz.

Na última semana, Vladimir Rodrigues de Queiroz e o presidente do Observatório Márcio Adriano Bocchio, participaram em Curitiba do 2º Fórum Transparência e Competitividade e da 7ª edição do Encontro Nacional dos Observatórios Sociais, ambos promovidos pelo Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep). “Tomamos conhecimento de boas práticas, trocamos ideias com observatórios sociais de todo Brasil e iremos implantá-las aqui em Uberlândia”.

Seja um mantenedor do Observatório Social. Saiba como funciona essa ferramenta acessando: www.osuberlandia.org.br. Mais informações (34) 3239-1529, pelo endereço Rua Padre Pio, 700 – bairro Osvaldo ou Uberlândia@osbrasil.org.br.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *