Caixa suspende crédito imobiliário que utiliza recursos do FGTS

A Caixa Econômica Federal suspendeu financiamentos habitacionais da linha pró-cotista, que utiliza recursos do FGTS. A modalidade cobra juros mais baixos de trabalhadores com carteira assinada para financiar a casa própria.

Segundo o banco, os recursos disponíveis no momento só são suficientes para atender às “propostas de crédito já recebidas”.

No ano passado, o banco limitou os financiamentos dessa linha por falta de recursos, em meio à queda de contribuições e da alta nos saques do FGTS.

A Caixa afirma ainda que serão liberados R$ 3 bilhões nas próximas semanas para alimentar a linha que utiliza recursos do fundo.

O pró-cotista é dirigido para a compra de imóveis novos ou usados de até R$ 950 mil nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

O banco negou ter suspendido os financiamentos por causa do volume de saques das contas inativas do FGTS. O governo federal estima que sejam sacados R$ 43 bilhões até o fim de julho.

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page