Blitz da Acessibilidade sensibiliza motorista a respeitar vagas exclusivas

A fixação de cartazes com as frases “É rapidinho!!! Eu já volto…”, “Só vou pegar uma coisinha”, “Nem Percebi”, “Ta difícil pra você? Imagina pra nós!!!, “Capaz que eu vou ser multado”, nas cadeiras de rodas que ocuparam uma vaga comum de um veículo na esquina da avenida Floriano Peixoto com a rua Duque de Caxias, foi uma das estratégias usadas para promover nesta terça-feira (8) a Blitz da Acessibilidade. A atividade faz parte da Semana Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, coordenada pela Superintendência da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Urbana, ligada à Secretaria de Governo, e a Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran).

Durante duas horas, os agentes da Settran que atuam no Núcleo de Educação para Mobilidade Urbana e Cidadania (Nemuc) abordaram os motoristas que passavam pelo entorno da praça, enquanto os servidores da Superintendência da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Urbana entregavam um kit composto por 12 materiais ilustrativos, como a “Multa Moral” que sensibiliza e conscientiza os motoristas a respeitarem as vagas destinadas a pessoas com deficiência. A palhaça Patati distribuiu balas e pirulitos às pessoas abordadas.

O militar reformado da Marinha do Brasil Newton Marques Tavares, que é uma pessoa com deficiência, considera positivo o novo sistema de operação no trânsito. “Tempos atrás era mais difícil encontrar vagas, e agora se tornou um pouco mais fácil porque a democratização facilita nossa vida. Cabe a cada condutor respeitar sua vaga conforme exige a lei”, disse.

Segundo a Settran, o sistema rotativo que funciona na região central da cidade oferece hoje cerca de duas mil vagas. Deste total, 2% devem ser destinadas às pessoas com deficiência, segundo a Resolução 304 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Mesmo com as reservas é comum alguns motoristas desrespeitaram o espaço e estacionarem o veículo de forma irregular. Quem comete a infração recebe três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa no valor de R$ 53.

“Este trabalho visa mostrar à população a necessidade de mostrar aos demais motoristas a importância de respeitarem as vagas destinadas às pessoas com deficiência. Não podemos admitir que estes espaços sejam ocupados de forma irregular”, enfatiza a superintendente da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Urbana, Cláudia Coutinho.

Confira a programação das outras atividades:

* 09/09 a 11/09 – Feira de Artesanato – 10h às 22h – Center Shopping (Loja 114)

* 15/09 – Palestra “Meu Jeito de Viver” com Marcelo Prado – 14h – Centro Administrativo (Bloco 2- piso 1)

*16/09 – Oficina de Vivência –  9h – Parque do Sabiá (Quiosque do Tibery)

* 17/09 – I Encontro da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência – 8h às 10h30 e13h às 18h – Auditório da Uniube (Av. Rondon Pacheco, nº 2.000 – Lídice)

* 19/09 – Passeio de Caiaque Inclusivo – 8h – Parque do Sabiá (Lagoa – entrada Santa Mônica)

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *