Bastidores – De 25 a 31 de Maio

De Ademir Reis

CULTURA

Marcelo Calero

O presidente Michel Temer vai recriar o Ministério da Cultura. A decisão, tomada após uma semana de manifestações e muita pressão por parte da classe artística. Marcelo Calero (foto) 33 anos, – recém-empossado no cargo de secretário da área – será o novo ministro da Cultura.

DE QUE ADIANTA?

Desde que deixou o Palácio do Planalto, Dilma Rousseff montou o gabinete virtual da “pronta resposta” para despachar. É ali, em sua página no Facebook e no Twitter, que a presidente afastada rebate os anúncios e medidas tomadas por ministros de Temer, chamados por ela apenas de “governo provisório”.

ROMBO

Se estivessem no caixa do governo, os R$ 170 bi do rombo orçamentário estimado pelo ministro Henrique Meirelles, poderiam turbinar os principais programas sociais e de investimentos do governo federal. O montante, que, se confirmado, representará o maior saldo negativo nas contas públicas federais.

ATUANTE

tenente lucio

O deputado federal Tenente Lúcio (PSB) tem recebido em seu gabinete em Brasília, prefeitos, vereadores e lideranças políticas de toda a região do Triângulo e Alto Paranaíba. A maioria vai à busca de emendas parlamentares e muitos deles estão sendo atendidos como é o caso de Canápolis e São Gotardo.

30 DE JUNHO

Não é 30 de maio e sim 30 de junho a data a partir da qual é vedado às emissoras de rádio e TV transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena, no caso de sua escolha na convenção partidária, de imposição de multa e de cancelamento do registro da candidatura do beneficiário.

VAI COMEÇAR

Faltando pouco mais de 120 dias para as eleições municipais, partidos começam a se organizar para a partir de 20 de julho, até 5 de agosto, promoverem a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e escolher candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador.

SOBE

Câmara de Vereadores retorna às sessões legislativas ordinárias na próxima quarta-feira, 1º de junho. A partir desta data serão apenas quatro períodos de sessões até às eleições de 02 de outubro. Legisladores da oposição de olho em projetos que criem cargos e despesas que podem comprometer a próxima legislatura.

DESCE

Pergunta que não quer calar no meio político: que os cofres públicos municipais estão vazios e devedores é fato. Como é que faz então com o projeto que cria a Guarda Municipal, as construções de um novo viaduto na Rondon, sede própria do Procon, sede nova do Dmae. E os servidores, como é que ficam?

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *