Aprovados no processo seletivo iniciam treinamento do SAMU

A implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) está próxima de se tornar realidade na Macrorregião Triângulo Norte, que contempla 27 cidades do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Mais uma etapa se inicia, que é o treinamento dos profissionais aprovados no processo seletivo.

Ao todo, 664 serão capacitados em quatro turmas, somando 50 horas de atividades em cada. Nesta quarta-feira (25), cerca de 180 participam da primeira turma, que segue até domingo (29) no hotel San Diego em Uberlândia. Entre os temas trabalhados nesses cinco dias, urgência pediátrica, trauma de tórax e abdômen, direção defensiva, reanimação cardiopulmonar, urgência obstétrica, entre outros.

“O objetivo é capacitar e reciclar esses profissionais sobre o atendimento de urgência e emergência. São aulas teóricas e práticas que agregarão na atividade de todos, que estarão nas ruas salvando vidas”, disse a coordenadora do treinamento, Cristina Ila de Oliveira Peres.

O processo de capacitação segue até dia 19 de junho e a previsão é que o Samu entre em funcionamento ainda em junho. Serão 31 ambulâncias distribuídas nas 27 cidades que pertencem à Macrorregião Triângulo Norte. Dessas, 10 são para Uberlândia sendo oito Unidades de Suporte Básico (USB) e duas de Suporte Avançado (USA). A cidade contará ainda com a Central de Regulação de Urgência exclusiva para o Samu, que funcionará na 9ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp).

“O Samu vem para descentralizar e somente o serviço de alta complexidade virá para Uberlândia. Isso significa que vamos desafogar o sistema, já que haverá essa distribuição do atendimento entre as cidades. Após treinamento e com a chegada das ambulâncias, que serão emplacadas e adotarão sistema de rastreamento, iniciaremos o serviço, que é um avanço na saúde”, destacou o presidente do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência da Macrorregião Triângulo Norte (Cistri), Gilmar Machado.

O Samu funcionará totalmente integrado com as Unidades de Resgate 193 do Corpo de Bombeiros, que também assiste a região. “Há mais de um ano estamos juntos nesse processo e esse treinamento será fundamental para o desempenho da atividade dos profissionais, que serão ambientados com a realidade da rua, da regulação médica”, reforçou Demétrius Martins Rodrigues, comandante do 2º Comando Operacional dos Bombeiros (COB).

Municípios que fazem parte da Macro Triângulo do Norte

Abadia dos Dourados, Araguari, Araporã, Cachoeira Dourada, Campina Verde, Canápolis, Capinópolis, Cascalho Rico, Centralina, Coromandel, Douradoquara, Estrela do Sul, Grupiara, Gurinhatã, Indianópolis, Ipiaçu, Irai de Minas, Ituiutaba, Monte Alegre de Minas, Monte Carmelo, Nova Ponte, Patrocínio, Prata, Romaria, Santa Vitória, Tupaciguara e Uberlândia.

Dos 27 municípios listados acima, 17 contarão com bases descentralizadas do Samu. Os demais serão referenciados de acordo com a Regulação Médica de Urgência do Samu 192.

Secom

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *