Aparelho ajuda na coleta de informações sobre o trânsito de Uberlândia

Um aparelho instalado rua Dr. Antônio Luiz Waak, no bairro Umuarama, desde o início da semana, chamou a atenção dos motoristas que trafegam pela via. Suspeitando ser um radar móvel, muitos até diminuíram a velocidade e respeitaram a sinalização da via a fim de não serem multados. Na verdade, o aparelho não é um radar. Trata-se de um medidor de fluxo de veículos e aferição de velocidade.

O aparelho ajuda na coleta de dados, como a quantidade de veículos que passam pelo local, e não emite nenhuma notificação. “O trabalho já foi feito nos terminais de ônibus e a medição acontecerá em toda a cidade. Os dados são para estudo da Secretaria de Trânsito e Transportes”, disse o assessor de Operações de Tráfego da Settran, Onei Silvério.

 Com um aumento do número de veículo em Uberlândia, novos ajustes são necessários a fim de evitar acidentes e melhorar a fluidez no trânsito. Segundo dados da Receita Estadual, em 2014 Uberlândia tinha cerca de 376 mil veículos. Até outubro de 2015, a frota era de 385 mil veículos.

 Para cada intervenção nas vias são necessárias análises para o cumprimento das normas técnicas. Não se coloca, por exemplo, travessias elevadas ou semáforos sem estudos. Redutores na rua Dr. Antônio Luiz Waak, no bairro Umuarama, onde o aparelho foi colocado, serão instalados a partir destes dados. No local, há casos frequentes de acidentes provocados, em grande parte, por imprudência dos motoristas, especialmente por excesso de velocidade.

Outras ações na região

Diversas melhorias no bairro Umuarama já aconteceram como a instalação de semáforos, travessias, mudanças de direção vias, entre elas, as avenidas Floriano Peixoto e Afonso Pena. Recentemente, houve a instalação de novos semáforos no cruzamento situado no bairro Alto Umuarama, próximo ao pontilhão. Por lá circulam cerca de 40 mil veículos por dia. A sinalização horizontal e vertical também foi reforçada. Ainda próximo ao local, o ajuste na rotatória melhorou a fluidez dos veículos.

Secom

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on LinkedIn0Print this page